quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O Corpo Que Nos Revela



Neste vídeo, a pesquisadora Amy Cuddy demonstra que podemos mudar a forma como as pessoas nos percebem e a até mesmo a química do próprio corpo simplesmente mudando a linguagem corporal.

No artigo Power Pose, editado pelo site "Working Knowledge" da Harvard Business School, ela detalha mais sobre como a "pose do poder" pode influenciar no comportamento do cérebro e como todo o corpo assimila a idéia proposta.

Cantores são extremamente suceptíveis a estas mudanças e a relação corpo/voz/expressão, sendo que neste último, inclui-se todas as idéias a respeito da canção como significado, contextualização, significância, relevância, dentre diversos outros aspectos.

Ao alterar uma idéia corporal, é possível que toda a energia se reorganize e o coloque na posição do ser que a está representando.

CoreSinging® é uma técnica que trabalha essencialmente a organização energética voltada para o canto e está completamente relacionada ao corpo e como ele o ajuda a cantar. Foi procurando compreender melhor este mecanismo que procurei a professora Meribeth Daymes, criadora da abordagem e me tornei o único Professor de Canto do Brasil habilitado a trabalhar com estas ferramentas. Os resultados são realmente incríveis.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O Professor de Canto e a Aluna

(Toc, toc, toc) alguém aí? Bem, desculpe nossa ausência, mas foi mal deixar te esperando por uma nova postagem.

Este Blog foi criado há tanto tempo! Não existia Facebook!! Nem Twitter!!! E isso acabou contribuindo para tirar a atenção dele. Ao passo que estas ferramentas facilitaram muitas coisas em nossas vidas e das nossas empresas, elas também atrapalharam, confundiram e tiraram o foco de alguns objetivos. Falar nisso, o nosso aqui no Voz Plena continua o mesmo: a voz cantada, ou o canto, como queira. Como sempre.

Desde o início deste Blog a idéia era fornecer às pessoas interessadas por técnica vocal, informações consistentes sobre eventos, cursos e atividades em geral, relacionadas à voz que usamos para cantar, como já especifiquei em "objetivos". Ops, que deslize! Usei a primeira pessoa. Putz, agora já foi, então que seja assim, na primeira pessoa que esta nova fase do Blog será escrita. Já tentei passar a bola para outros professores e profissionais, para proporcionar-lhes a experiência de também escreverem aqui, mostrando o que sabem e de onde vem seu conhecimento e experiências, mas nada aconteceu. Por isso, de agora em diante, apenas eu, o Professor de Canto Leo Lodi, escreverei nessa bagaça. Sejá lá o que for, mas sempre acompanhado de muita qualidade para quem quer que se interesse por canto.

Começo hoje contando algo que parece um episódio corriqueiro em minha vida (e realmente é) mas também muito informativo para alunos de canto iniciantes. Esta aconteceu ontem e a conversa foi registrada com autorização do aluno, cujo nome, claro, será preservado, chamando apenas de "Srta. K". Chique, não? Vai lá:

"Boa tarde, Prof. Leo Lodi,

Estou com tosse e dor de garganta, será q vai atrapalhar muito a primeira aula?
Att.
Srta. K"

 No que foi prontamente respondida por mim:


"Prezada Srta. K.,



Cantar, bem como fazer aulas de canto ou atividades que envolvam o uso da voz de modo geral (ensaios, apresentações, recitais, entrevistas, conversas longas ao telefone, apresentação de balancete na empresa, distutir a relação com a(o) namorada(o), narrar jogo de futebol), atrapalha sim o seu rendimento, por diversos aspectos:

1. Você pode transmitir seu vírus ou bactéria para outras pessoas, alunos e professores também;

2. Seu trato vocal e laringe, incluindo as pregas vocais, devem estar produzindo muco em excesso, como forma de defesa natural do organismo. Isto por si só já dificulta a emissão de som com qualidade;

3. A tosse provoca um impacto muito grande sobre as pregas vocais, fazendo com que elas aduzam (fechem) de modo extremamente brusco e com pressão de ar também muito elevada. Isto pode deixá-la disfônica (perda parcial da voz) ou até mesmo afônica (perda total da voz).

Desejo-lhe melhoras e agradeço por ter informado com antecedência. Espero que compreenda as questões enumeradas acima, mas, caso tenha dúvidas, sinta-se à vontade para perguntar."

 E assim, mais um aluno foi privado de acometer-se de esforço e/ou abuso vocal, ganhando tempo para sua recuperação e podendo retornar saudável para a próxima aula de canto comigo. ISSO ME DEIXA FELIZ!


Leo Lodi é professor de canto no Voz Plena - Centro de Desenvolvimento da Voz Cantada e corre o mundo procurando a melhor forma de ensinar a cantar para seus alunos.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Corey Taylor. Vocalista de vida dupla.

Uma das atrações do Rock in Rio 2011 tem vida dupla no rock. O privilégio inclui duas apresentações no maior festival de Rock do Brasil e não se trata de um "bis".

Corey Taylor divide a carreira entre duas bandas de grande sucesso mundial. Uma delas, a Stone Sour, já foi indicada três vezes ao Grammy de Melhor Performance de Metal, uma delas pela música "30/30-150". Vejam abaixo o estilo e forma de colocação da voz quando está no lead.




A outra banda, a Slipknot, se apresentou no palco Mundo e chama a atenção pelo visual macabro e atitude bem mais agressiva. Como em tudo no rock, principalmente no metal, conta muito a forma de se apresentar e a característica da performance. Corey Taylor, à frente do Slipknot, faz uso variado de efeitos vocais, como o “drive”, guturais' e emissões onde há graus diferenciados de desvio da qualidade vocal. É possível ouvir aspereza, rouquidão e tensão, o que não configura uma alteração laríngea, mas sim uma identidade expressiva do Rock pesado, que muitas vezes não é desejada em outros gêneros musicais. É possível aprender a produzir com boa qualidade esta emissão vocal, sem que seja prejudicial às pregas vocais e sem qualquer esforço. Requer prática, conhecimento e uma orientação especializada. Veja a seguir um vídeo com a banda, na mais recente aparição, durante o Rock in Rio 2011.



Se você pretende praticar este estilo, saiba que esta qualidade de voz pode exigir níveis elevados de pressão vocal (subglótica) e uso de estruturas supraglóticas na fonação, como as falsas pregas vocais e o uso de faringe para o ganho em agudos. As configurações de trato vocal nesses estilos ainda são pouco descritas na literatura quanto ao seu mecanismo de ativação e uso correto, mas as pesquisas mostram que esses cantores requerem de um nível de exigência vocal diferenciado e refinado. Uma técnica correta de uso do microfone e um equilíbrio balanceado entre energia corporal e voz se fazem necessários e exigem treinamento específico caso a caso.

Com colaboração do Fonoaudiólogo Guilherme Pecoraro.

Para se aprofundar melhor no assunto, recomendamos a leitura do seguinte material de referência:

CANTORES DE ROCK: AJUSTES DINÂMICOS DE TRATO VOCAL, ANÁLISE PERCEPTIVO-AUDITIVA E ACúSTICA DAS VOZES AO LONGO DE CINCO DÉCADAS
Guilherme Pecoraro Nunes, Guilherme Pecoraro Nunes2, André de Campos Duprat1, Samantha Ferrari Dutra Bannwart1, Marta Assumpção de Andrada e Silva2,1


O DRIVE COMO RECURSO INTERPRETATIVO DO ROCK: INCORPORANDO TERMINOLOGIAS DO CANTO À PRÁTICA CLÍNICA FONOAUDIOLÓGICA
Autor(es) / Coautor(es) : Guilherme Pecoraro Nunes, Guilherme Pecoraro Nunes1, André de Campos Duprat2, Samantha Ferrari Dutra Bannwart2, Marta Assumpção de Andrada e SIlva1,2

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Chamada de Audições para Fame - O Musical

Estão abertas as audições para o musical Fame, baseado no programa de televisão de sucesso nos anos 80.

No programa de TV, assim como na proposta deste musical, a idéia era mostrar o dia-a-dia dos alunos da Academia de Artes de Nova Iorque. Quase um reality show, mas num formato bem parecido (para não dizer idêntico) ao do atual, Glee.

O material está discriminado no hot site dos produtores e o material deverá ser entregue até o dia 3 de setembro no endereço de email audicoes@fameomusical.com.br

Segue a lista de caracteres:

PERSONAGENS

Nick Piazza
Ator/Cantor com noções de dança (18 – 30 anos).
Tenor - Extensão/Tessitura - D3-A4(C5)
Ambicioso, entusiasmado, Ator clássico que leva muito a sério a atuação. Tem um amor escondido por Serena.

Serena Katz
Atriz/Cantora com noções de dança (18 – 30 anos).
Soprano - Extensão/Tessitura - G3-E5
Uma atriz tímida, mas talentosa e entusiasmada. Desenvolve um sentimento mutuo por Nick.

Tyrone Jackson

Ator/Cantor Negro, Porte atlético, Bailarino formação clássica, com conhecimento em Street dance (18 – 30 anos).
Baritenor - Extensão/Tessitura - Bb2-Bb4
Um dançarino de Hip Hop talentoso, mas disléxico que vem de uma familia pobre. Compartilha uma relação de amor e ódio com Iris.

Miss Sherman
Atriz/Cantora (30 – 45 anos).
Mezzo Soprano - Extensão/Tessitura - F3-E5
Uma professora de Inglês linha dura, conservadora e muito profissional, ama seus estudantes apesar do fato de ser sempre rígida com eles.

Carmen Diaz
Atriz/Cantora/Bailarina (18 – 30 anos).
Mezzo Soprano - Extensão/Tessitura - A3-E5
Uma dançarina sexy, confiante com um grande ego. Carmen é obcecada pela fama e determinada a chegar ao topo. Ela acredita que tem o que necessita para chegar lá. Inicialmente tem um romance com Tyrone, mas descobre uma paixao correspondida por Schlomo. Ela morre mais tarde por ser viciada em drogas.

Goody Goodman
Ator/Cantor com veia cômica e noções de dança (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura - C3-G4
O trompetista/saxofonista da banda de Schlomo. É o melhor amigo de Schlomo.

Grace Lambchops
Atriz/Cantora com veia cômica e noções de dança (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura - A3-B4
Uma admiradora de Rock, barulhenta e "moleca", que toca bateria na banda de Schlomo. Ela normalmente é estourada e não leva a escola a sério.

Iris Kelly
Atriz/Cantora/Bailarina (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura - D4-F5
Uma dançarina de Ballet muito talentosa e graciosa que faz-se passar por muito rica, mas depois é revelado que ela não é. Muitas vezes é mal intencionada. Iris é insegura consigo mesma e tem medo das pessoas não gostarem dela. Compartilha uma relação de amor e ódio com Tyrone.

Joe Vegas

Ator/Cantor com noções de dança, e veia cômica (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura - C3-B5
Estudante latino de artes cênicas. Barulhento, engraçado e o "palhaço da turma". Desenvolve uma atração não correspondida por Carmen.

Schlomo Metzembaum

Ator/Cantor com noções de dança (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura – C3-F4
É um tímido Violinista clássico que arruma uma banda de Rock. Schlomo vem de uma familia de músicos, seu pai é um famoso violinista. Schlomo é pressionado a tocar bem mas quer se rebelar. Ele é um nerd e muito inseguro, mas também é muito inteligente, até na escola. Tem um interesse mútuo por Carmen.

Mabel Washington
Atriz/Cantora (Dominio de R&B) com noções de dança, veia cômica e gorda (18 – 30 anos).
Extensão/Tessitura - C4-E5
Uma bailarina barulhenta e acima do peso que é desesperada para emagracer, mas não resiste à comida. Muitas vezes fala o que pensa e dá conselhos a outras personagens durante momentos problemáticos.

Miss Bell

Atriz/Cantora (28 – 45 anos).
Soprano - Extensão/Tessitura - G3-E5
Professora de dança com uma paixão enorme por diferentes estilos de dança. Acredita que a dança é um meio de vida.

Mr. Myers

Ator/Cantor (28 – 45 anos).
Um professor de teatro descontraído com uma obsessão por psicologia humana.

Mr. Sheinkopf

Ator /Cantor (28 – 45 anos).
Um professor de Música Européia com um amor imenso por música clássica, e odeia tudo relacionado a Rock'n Roll.

Ensemble

Bailarinos Cantores (18 – 30 anos)


terça-feira, 2 de agosto de 2011

Fisiologia da Voz: William Vennard

O que você vai assistir abaixo é o vídeo que o Professor de Canto William Vennard produziu na Holanda, em 1960 e seu grande legado foram as pesquisas em voz. Apesar de antigos, os vídeos são extremamente esclarecedores e didáticos. Uma verdadeira aula sobre o funcionamento da voz e reconhecimento das estruturas laríngeas responsáveis pela fonação.

video

video

video


video

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

SELEÇÃO PARA O MUSICAL PRISCILLA A RAINHA DO DESERTO

A GEO Eventos está procurando candidatos para os seguintes personagens:

BERNADETTE: Ator entre 45 e 50 anos, dançarino, cantor (extensão vocal versátil), habilidade para cantar com play-back é essencial.
MITZI/TICK: Ator entre 35 e 45 anos, dançarino, cantor (barítono ou tenor).
FELICIA/ADAM: Ator entre 20 e 30 anos, porte físico excelente, dançarino, cantor (tenor) e habilidade para cantar com play-back é essencial.
BOB: Ator entre 50 e 65 anos e cantor (n.a: a produção não especificaram a classificação vocal).
SHIRLEY: Atriz, entre 45 e 55, bailarina, cantora (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal).
MARION: Atriz, entre 35 e 45 anos, catora (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal) e bailarina.
CINTHYA: Atriz de origem asiática, entre 25 e 35 anos, bailarina e cantora (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal).
THE DIVAS: Cantoras com estilo "disco-belt".
MISS UNDERSTANDING: Ator, bailarino e cantor. Habilidade de fazer números de Tina Turner.
FRANK: Ator, entre 25 e 35 anos, bailarino e cantor (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal).
JIMMY: Ator, entre 25 e 35 anos, bailarino, cantor (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal).
FARRAH/YOUNG BERNADETT: Ator entre 25 e 35 anos, bailarino, cantor (n.a.: a produção não especificaram a classificação vocal).

BAILARINOS HOMENS QUE CANTEM BEM: entre 20 e 40 anos.
ATRIZES CANTORAS E DANÇARINAS: entre 20 e 40 anos.

OS INTERESSADOS DEVERÃO ENVIAR E-MAIL COM CURRÍCULO E FOTO PARA elencopriscilla@geoeventos.com

A entrega do material até dia 14 de agosto de 2011.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

A Família Addams

Estão abertas as inscrições para o musical "The Addams Family", que será produzido pela Time for Fun (T4F), em São Paulo.

O musical estreou em abril de 2010 em NY e foi indicado para dez Tony's, tendo vencido apenas um, o de Drama Desk Award Outstanding Set Design (fonte www.ibdb.com).

O cartaz que exibimos foi encaminhado pelos produtores e apresenta uma série de especificações que podem confundir alguns cantores (mesmo os mais experientes em audições) e até mesmo professores de canto, por isso, merece algumas explicações.

  1. Quando um produtor solicita "experiência comprovada", não quer dizer que você tenha que ter participado de um musical, mas sim, que tenha feito aulas com frequência em uma ou todas as habilidades requeridas. Melhor ser bem honesto para não fazer feio na hora;
  2. Onde se referem à "Classificação Vocal" exigida é que ocorrem os principais estranhamentos. Começemos com os homens. A ordem da classificação já é equivocada: tenores, baixos e barítonos (o correto seria colocar em uma ordem crescente ou decrescente, pois os baixos são as vozes masculinas mais graves). Outra: qual seria a diferença entre tenor potente e bari-tenor? Será que é a diferença entre tenor "com muita pressão" e "tenor grave"? Não sei, mas, caso seja, qual a diferença entre bari-tenor e barítono agudo? Acredite, poderia sim ser bem mais simples;
  3. Nas classificações femininas o erro de classificar fora da ordem se repete e só ajuda a confundir: começam com mezzos, depois sopranos e em seguida, contraltos. Sopranos, como são mais agudas, deveriam estar nas extremidades da lista (no inúcio ou no fim, assim como tenores);
  4. Soprano com belt em ré (D5)? Existe sim, mas, vamos ver se o cachê paga;
  5. Enfim, peça ajuda ao seu professor de canto e esclareça suas dúvidas. Não se espante se ele também se confundir, pois a lista da T4F parece ter sido feita com uma certa pressa;
  6. Caso não faça a menor idéia do que seja tessitura vocal, saiba que este é o nome científico para extensão vocal, ou seja, qual a sua nota mais grave e a mais aguda. É bom especificar também o registro, ou seja, em que extensão você tem registro de peito, misto e cabeça.
Claro que este post é dirigido àqueles menos familiarizados com o canto, mas, aqui vai um alerta (já dado no início): até mesmo profissionais e professores de canto encontrarão divergências sobre a forma de especificar que tipo de cantores estão querendo para este musical. O chamado é, no mínimo, inespecífico, deixando no ar uma idéia de "seja qual for a voz que tenha, venha audicionar prá gente".

Mas, não se engane, as canções deste musical são bem complexas e de muito boa qualidade, exigindo excelentes habilidades com canto coral.

Desejamos boa sorte a todos que pretendem enviar seus materiais.
Lembramos que o Voz Plena frequentemente prepara diversos artistas para audições e possui professores extremamente qualificados para preparação de audições de teatro muscial.

Assista a seguir um trecho deste musical:

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Audições para "O Violinista no Telhado"

Famoso e antigo musical da Broadway, também sucesso no cinema, este espetáculo é a promessa da dupla Charles/Botelho para 2011.

É para bailarinos homens que saibam dançar "bottle dance". Dança israeleita, que se dança com uma garrafa presa no chapéu.

Atores/Cantores - homens e mulheres com idade aparente entre 18 e 50 anos, que sejam experientes em canto/dança e teatro musical.

Mandar currículo e foto de corpo inteiro, até o dia 21 de Janeiro para:

oviolinistanotelhado@aventuraentretenimento.com.br

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Teste para Comercial - Casas Bahia - É AMANHÃ!

Este comercial é um musical, tentando ter um perfil mais sofisticado tentando ir um pouco além do varejo habitual, sengundo uma das produtoras. Na verdade, estão procurando atores para dublar o jingle, que já está gravado. No entanto, a inexperiência de alguns atores com o canto, pode transmitir alguma insegurança. Por isso, estão procurando atores que tenhal mais intimidade com o canto.

No teste, basta cantar o jingle da campanha. Para conhecer o roteiro e a letra da música, clique aqui. Para aprender o jingle e cantar, baixe aqui.

Basta dirigir-se à Mixer - R. Pereira da Silva, 517 Laranjeiras e cantar bem bonito.

O horário do teste é entre 10 e 19 horas. O dia, AMANHÃ! Então, corra que a música é bem fácil de cantar.

Dados Adicionais:

Veiculação: 30 dias ( mídias: TV aberta, midias alternativas, TV a cabo, internet, lojas)
Cachê: entre R$1.300,00 e R$2.000,00 (+20% p/ agência/nota fiscal)
Datas de Filmagem: Estar disponível para filmar em 02, 03 e/ou 04 de dezembro
OBS: Filme institudional de Natal sem cara de Varejo com pessoas felizes com seus familiares confraternizando o Natal.
Perfil: Gente bonita, simpática de todas as idades e de todas as etnias.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Dr. Ingo Titze e o exercício do canudinho

Neste vídeo, o Dr. Ingo Titze, vocologista norte-americano, fundador do NCVS - The National Center for Voice and Speech demonstra um exercício muito simples, mas de extrema eficácia.

A nossa querida Mara Behlau já o demostrou por diversas vezes, bem como os benefícios que esta terapia vocal pode trazer aos seus praticantes, como forma de reduzir tensões e até mesmo para aquecimentos vocais. O Dr. Titze demostra a seguir: